Please enable JavaScript to view the comments powered by Disqus. [CS:GO] ‘Quero evoluir como time, quero evoluir no coletivo’, diz tatazin
menu
Siga-nos
19 março 2020

[CS:GO] ‘Quero evoluir como time, quero evoluir no coletivo’, diz tatazin

Yeah enfrenta a BigFrames nesta quinta, às 21h, no primeiro confronto válido pela eFire Master League

Por Marcelo Bechara

“Quero evoluir como time, não quero me destacar, quero que a gente evolua no coletivo”, diz Alef “tatazin” Pereira, o IGL da equipe de CS:GO da Yeah Gaming.

A frase vem do jogador mais experiente do time. Aos 26 anos, tatazin acumula troféus de todos os campeonatos disputados no Brasil e, além disso, possui experiência internacional para guiar os Tigres a bons resultados no cenário Norte Americano.

“Quando vim com a Tempo Storm, estávamos em um ritmo muito bom, evoluindo bem, mas tivemos alguns problemas que nos obrigaram a diminuir a rotina de treinos. Isso foi determinante para as rodadas decisivas na temporada. Aqui (nos EUA), se você fica um tempo sem criar coisas novas, as outras equipes já te estudaram e vão ganhar de você. Se você não muda seu pistol, eles já entram sabendo o que fazer para te superar”, diz o capitão.

O começo de temporada da Yeah Gaming vai ao encontro do discurso de tatazin. Em pouco tempo, a equipe tem se destacado coletivamente e enfrentando adversários mais experientes de igual para igual.

“Me animou bastante quando recebi o convite da Yeah, eu queria muito morar fora do país. Sempre fui muito dedicado, muito mesmo. Sempre joguei para o time. Se eu já estava muito focado no Brasil, eu vou dar mais do que meus 300%, vou dar tudo que tenho. É a chance de ouro”, afirmou.

“Além disso, tem o pessoal da organização que estará dando suporte para a gente. Isso é um fator diferencial enorme. Como falei: eu quero evoluir como time, nem quero me destacar, quero que a gente evolua como um time”, complementou.

Em cinco anos como jogador profissional, tatazin conta que o momento mais marcante até então foi realizar o sonho de viver de CS.

“Momento mais marcante para mim foi sair de casa e viver o sonho mesmo, viver de CS. Foi onde começou tudo e não parei mais“, finalizou.

A Yeah Gaming enfrenta a BigFrames, nesta quinta, às 21h, no primeiro confronto válido pela eFire Master League North America.

Acompanhe nossas Mídias Sociais e fique por dentro de tudo que acontece na Yeah.

📱 https://twitter.com/YeahGaming
📸 http://instagram.com/YeahGaming
👥 http://facebook.com/yeahgamingbr
🖥 http://yeahgaming.gg
🎥 http://youtube.com/YeahGaming
📺 http://twitch.tv/Yeah