Please enable JavaScript to view the comments powered by Disqus. Freezao conta como as críticas o levaram a ser um player melhor
menu
Siga-nos
3 outubro 2019

Freezao conta como as críticas o levaram a ser um player melhor

Igor "Freezao" Silva é o atual capitão e IGL da equipe de Rainbow Six da YeaH Gaming

Por Marcelo Bechara

Igor “freezao” Silva não é um dos principais – se não o principal – líder da equipe de Rainbow Six da YeaH Gaming à toa. Apesar dos 20 anos, mostra uma maturidade tanto dentro do game como fora dele. O in-game leader demonstra a frieza que um capitão precisa ter ao definir as estratégias para seu time e também a determinação de sempre melhorar.

Essa ambição faz parte da ainda curta carreira de Freezao. Ele mesmo explica:

“Eu comecei no Battlefield 4, mas jogava no Xbox 360. Nem tinha campeonato direito, só um que chamava Night Cup, que acontecia toda quinta. Mas eu era muito ruim, sempre fui muito, muito ruim, mas de tanto me xingarem, comecei a treinar mais e mais e comecei a jogar melhor”, conta Igor.

“Tenho mais de 6 mil horas de BF4, engoli o jogo. Jogava direto para melhorar e ganhar respeito. Só que quando eu achei que o cenário de BF4 iria melhorar e virar de fato um competitivo, lançou o Rainbow 6”, diz.

Embora hoje seja profissional de R6, Igor não se encantou pelo jogo de primeira, diferente da maioria dos players.

“Joguei a 1ª season e achei ruim, não tinha gostado muito do jogo. Mas na 2ª season, todo mundo tinha migrado para o R6 e foi quando decidi focar e comprei um PC”, conta o IGL da R6.

Assim como no BF4, Igor logo se dedicou ao extremo no R6 e não demorou para encontrar parceiros com a mesma ambição de serem profissionais.

“No PC, comecei a treinar nas ranked. No começo, jogava 16 horas por dia, treinava sempre parar também, até um amigo do Pedrinho nos apresentar e hoje estamos aqui na YeaH”, finaliza o player.