Please enable JavaScript to view the comments powered by Disqus. [R6] YeaH Gaming estreia nessa sexta-feira na Challenger League
menu
Siga-nos
25 setembro 2019

[R6] YeaH Gaming estreia nessa sexta-feira na Challenger League

Equipe é uma das principais favoritas ao título e também para o acesso à Pro League

Por Marcelo Bechara

A 10ª temporada da Challenger League começa na próxima sexta-feira, dia 27 de setembro. Além do acesso para a disputa da ESL Pro League no ano seguinte, a competição distribui cerca de R$20.000 em premiação.

A YeaH Gaming entra na disputa como uma das favoritas ao título. Na Season 9, a equipe de ficou a segundos de garantir a vaga na principal competição do país, mas por detalhes não foi possível. A confiança do time segue alta, assim como a expectativa. É o que conta o player Igor “freezao” Silva, capitão e IGL.

“A nossa expectativa é ganhar a Challenger League, até por conta da nossa dedicação e experiência adquirida com a temporada anterior. Sabemos do nosso potencial e capacidade. Por isso, vamos dar ao máximo para garantir a vaga”, afirmou.

Freezao também comentou sobre a preparação e rotina de treinos. A equipe está reunida na Gaming House da YeaH, em São Paulo, desde junho, com foco total.

“A manhã costuma ser livre, alguns ficam dormindo, outros vão para a academia. O compromisso mesmo começa às 14h, depois do almoço, que é quando tem a reunião para conversar sobre os erros, sobre o que precisa melhorar”, diz.

“Depois, por volta das 16h, começa o treino tático, geralmente são dois mapas, contra algum time da Challenger ou da Pro League. Seguimos o treino até umas 18h e demos uma pausa para comer algo. Voltamos às 19h para treinar com outro time vai até às 21h. Quando termina, conversamos mais um pouco sobre o que aprendemos, o que deu certo, o que não deu, revemos os erros”, continuou o jogador de Guarulhos.

“Quando o treino acaba, fica livre. A gente janta e depois cada um faz o que quiser. Alguns jogam ranked, outros assistem lives, jogam outro game para esfriar a cabeça. É basicamente essa a nossa rotina”, finalizou Freezao.

A Challenger League é composta por oito times. A etapa inicial é a fase de grupos, em que cada equipe se enfrenta duas vezes. As quatro melhores garantem vaga para os playoffs e somente duas sobem para a Pro League.